1/1
Associação Piauiense de Psicanálise (APP).
ESCOLA FREUDIANA DE PSICANÁLISE DE TERESINA

- COMISSÃO DE PESQUISA CIENTÍFICA - CPq –

REVISTA CIENTÍFICA APPISEPRO*
- ISSN 2319-0833 -
(Revista Científica Isepro)

 

          A ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE PSICANÁLISE - APP tem o privilégio de iniciar o ato de se imiscuir no mundo da produção científica em Psicanalise.

 

          A APPISEPRO* é uma revista científica oficial do Isepro (Faculdade Superior de Ensino Programus), que em parceria com a APP, abre esse caminho para o processo de se imiscuir na realidade científica da Psicanálise.

 

          Embora a APP ainda seja uma Instituição nova, em fase inicial de crescimento, tem a certeza de que tantas outras Instituições psicanalíticas nasceram e cresceram como nós! Assim, a cada dia, procura aprimorar suas bases e se aproximar da qualidade em Psicanalise.

 

          A edição e publicação sob os auspícios da APP, será de um exemplar por ano, no primeiro semestre.

 

          Assim, a APP irá procurar, com este exemplar anual, ser uma edição de revista de Psicanálise e cultura, procurando alcançar e ser um espaço para produções plurais em que caminhos possam ser descobertos e redescobertos, já trilhados ou não.

 

          O objetivo é publicar investigações e desenvolvimentos teóricos, relatos de pesquisas, debates, entrevistas e resenhas que contenham análises, críticas e reflexões sobre temas, fatos e questões sociais, a partir do referencial psicanalítico. Publicar também artigos voltados à interlocução entre a Psicanálise e outros campos do saber, como a Filosofia e as Ciências Sociais, igualmente dedicados ao pensamento sobre a sociedade e a cultura.

 

          Nessa experiência e com o olhar aberto da Psicanalise, sobre o infindável inconsciente freudianol, ser um lugar aberto para as coisas e outras coisas, “deixar que incômodos ganhem corpo”, ser um lugar para as “ideias (e formas) nascentes ou empoeiradas”.

 

          Desejamos que este tipo de publicação coloque-se a serviço de uma ética da Psicanálise, seja no sentido da clínica estrito senso ou de sua extensão, acolhendo e enfatizando, assim, o lugar da Psicanálise na pólis, em sua natureza não partidária; porém, no entanto, sem se furtar a ser um pensamento crítico com relação à cultura.

 

Resumo:

1. Passa a ser uma publicação do ISEPRO em parceria com a APP.

2. Todos os números serão divulgados por meios digitais, estando disponíveis online pela Internet. Serão aceitos trabalhos, independentemente de o autor ser filiado à instituição que a publica.

 

Previsão de edição junto a esta parceria: 1º Semestre de 2019.

 

*APPISEPRO é apenas um nome dado nesta relação de parceria.