ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE PSICANÁLISE (APP).

ESCOLA FREUDIANA DE PSICANÁLISE DE TERESINA

- DEPARTAMENTO DE ENSINO –

PROGRAMA DE ESTUDOS E FORMAÇÃO FUNDAMENTAL EM PSICANÁLISE- 1º SEM/2022

CADERNO ESPECIAL DE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA

Apresentação geral 

ESCOLA FREUDIANA DE PSICANÁLISE - SEÇÃO TERESINA tem como mantenedora a ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE PSICANÁLISE - APP, e através de seu Programa de Formação Fundamental em Psicanálise desenvolve uma Formação Psicanalítica, cuja natureza preconizada por Freud é ética, é ética, não se tratando de um título e, sim, sustentada fundamentalmente na Análise Pessoal dos postulantes para habilitá-los a prática clínica e assim se autorizar ao exercício da Psicanálise. Análise Pessoal, Ensino e Supervisão, são os três pilares que regem as diretrizes básicas da APP, fundamentados no Tripé analítico proposto por Hanns Sachs e aprovado em uma das reuniões de quartas-feiras pelo primeiro grupo de discípulos reunidos por Freud. Nossa orientação é fundamentada pelo ensino de Freud e Lacan e o nosso compromisso ético é ser um espaço de ensino e transmissão da Psicanálise, valorizando e garantindo o DESEJO daquele que aspira ser psicanalista. Esse é o modo de ingresso à instituição a todo aquele que pretende realizar um percurso de formação em psicanálise através de um programa de estudos acerca do desenvolvimento da psicanálise freudiana, sua teoria e prática psicanalítica, bem como, a orientação de Jacques Lacan em sua releitura de Freud.

 

A cultura da Psicanalise envolve um comprometimento com a ética uma vez que ao longo dos tempos a mesma tem sido desvirtuada e vilipendiada. Convém destacar, que a Psicanálise não possui teor mercantilista, logo, é fundamental que ao buscar uma Formação em Psicanálise que seja verificado se a mesma está sendo veiculada por uma Instituição (Associação ou Sociedade sem fins lucrativos) comprometida com a cultura, pesquisa, estudos, cientificidade e ética da Psicanálise. A Escola Freudiana de Psicanalise de Teresina se coaduna com as Instituições sérias, comprometidas com os pilares da Psicanálise.

 

A Psicanálise preconizada por Freud está aberta a todos, não é restrita aos psicólogos ou aos médicos, pelo contrário, também está aberta aos mesmos. Cabe a cada Instituição decidir o seu critério de recepção de seus membros e participantes do processo de aquisição e transmissão do saber psicanalítico. Na Escola Freudiana de Psicanálise de Teresina o requisito fundamental ao que deseja se imiscuir no universo da cultura, estudos, ensino e pesquisa científica da Psicanalise é que o mesmo seja portador de uma graduação em qualquer área. No processo de ingresso à formação em Psicanálise, preferencialmente, as inscrições são abertas para médicos e psicólogos, porém, mediante requerimento encaminhado à Instituição, entrevista e parecer interno, o processo também é aberto para outras graduações.

 

O ensino é feito através da Teoria e das Técnicas Psicanalíticas, bem como, em um estágio mais avançado, a Supervisão de casos e diálogos sobre situações clínicas integram esse processo formador.

 

A organização da Pesquisa Científica em torno da Formação se rege pelo princípio da integração entre os diferentes níveis de conhecimento e experiência, havendo incentivo ao trabalho conjunto dos participantes em todas as etapas da formação, assim como a participação e representação nos variados níveis e departamentos da Sociedade.

O participante é estimulado a integrar o dia a dia da vida institucional, tanto nas atividades de pesquisas científicas quanto culturais, já que se compreende a formação do psicanalista não somente como um desenvolvimento intelectual, mas, especialmente, como um crescimento emocional. Para atingir este objetivo, toda a Formação busca promover uma abertura às diversas formas de pensamento e ao convívio com as diferenças.

 

São esses os pilares que acentuam o perfil teórico/técnico/clínico da formação oferecida pela APP, que comporta uma visão teórica pluralista, o que se expressa no amplo leque de aportes que é oferecido ao postulante, tendo Freud como eixo originário ao longo de toda a Formação e Jacques Lacan, como regra de orientação pela Instituição. Também compõem o currículo, como temas eletivos, outros autores: pioneiros da Psicanálise, tais como: Melanie Klein, Winnicott, Bion, Jung e outros diferentes pensadores atuai.

 

A APP desenvolve o Projeto Rede Viva de Psicanálise, com o objetivo de alcançar várias regiões, levando o conhecimento geral da Psicanálise. Outro Projeto desenvolvido é o da Clínica Social aberta para o povo e, de acordo com sua previsão Estatutária. Também, desenvolve o Projeto da abertura de Polos em diversas regiões, onde cada Polo, recebe a designação de Escola Freudiana de Psicanálise, seguido do nome da região ou Município local.

 

Assim, a APP passa a contribuir e a colaborar com a transmissão da Psicanálise em Teresina, bem como, em todos os seus Polos espalhados em quaisquer região da Federação. 

  1. Programa de Formação Fundamental em Psicanálise

O Programa de Formação fundamental em Psicanálise da APP, como base inicial (uma vez que o conhecimento e a pesquisa em Psicanálise são imensuráveis e infindáveis), será oferecido ao longo de 24 (vinte) meses, contados de acordo com os 24 módulos de estudos oferecidos (considerando que circunstâncias adversas, recessos ou outros eventos que poderão ocorrer fará com que haja um remanejamento na quantidade dos meses).Seguirá o modelo presencial, porém, em contextos especiais, e situações especialíssimas, poderá funcionar, no seu todo ou em partes, de forma semipresencial, online ou pelo modelo híbrido.

1.1. Período anterior ao início da Formação Psicanalítica exige:

• Pré-requisito: curso universitário.

• Seleção dos postulantes à filiação e formação realizada a partir de entrevista de admissão.


1.2. Período de Formação Psicanalítica inclui:

a) Análise pessoal

É necessário que seja feita com um analista em exercício de função didática, indicado pela Instituição formadora, durante todo o tempo da Formação psicanalítica, com frequência em análise, mediante orientação da Instituição.

 

Uma vez aprovado e inscrito, o integrante, a partir deste momento é considerado um Membro Aspirante filiado da Instituição e deverá iniciar sua análise didática no prazo de 30 (trinta) dias, podendo ter a sua inscrição suspensa, em caso de não iniciar o processo analítico.

 

A critério da Instituição, após a entrevista, poderá o postulante ser orientado a passar por um processo analítico inicial de três a cinco sessões, pare que em seguida, efetue a sua matrícula, de fato, do Programa. Neste caso, se houver essa orientação, o custo das sessões será por conta do postulante.

 

b) Aprendizado teórico e clínico que consta de quatro etapas de estudos, pesquisas no campo teórico da Psicanálise e na prática da escuta analítica, assim distribuídos:

 

  • Período Introdutório,

  • Período Complementar,

  • Período de Técnicas,

  • Período de Qualificação

 

1.3. Como Funciona a Formação Fundamental

 

a) O Período Introdutório

Tem duração de 12 (doze) meses, sendo regido pelo início do processo de análise pessoal, incentivo à participação em eventos diversos relacionados à Psicanálise e frequência aos módulos/disciplinas teóricas básicas iniciais à Formação Psicanalítica.

b) O Período Complementar

É desenvolvido dentro de um período que pode chegar a 12 (doze) meses sendo regido pela frequência aos módulos/disciplinas de natureza complementar, com maior aprofundamento às bases da Psicanalise, iniciação em técnicas psicanalíticas mais profundas, como ferramentas de atuação interventiva, estudos de casos clínicos, incentivo à participação em eventos relacionados à Psicanálise e a manutenção do Processo de análise pessoal.

c) Período de Técnicas,

Inicia-se com estudos mais aprofundados sobre a técnica psicanalítica e se complementa com estudos e/ou vivências em casos clínicos voltados à prática técnica/clínica, estágios e atendimentos clínicos. Está inserido dentro de um período que pode ter a duração de um ano, culminando com o término do Programa de estudos.

d) O Período de Qualificação

Inclui a participação em seminários clínicos, cursos teóricos e de atualização/reciclagem, apresentação de relatórios clínicos (acompanhamento clínico/profissional), comprovação de permanência no setting analítico, comparecimento trimestral ao analista didata/supervisor clínico (acompanhamento em análise pessoal, didática ou supervisão clínica). Tem a duração de 2 (dois) anos, o que abrange o período de finalização do Programa de Psicanálise, acrescido de um período de acompanhamento institucional, pós conclusão.

Neste período o participante já terá concluído toda parte do Ensino Teórico-técnico-prático, logo, habilitado ao exercício da escuta analítica, o que será feito através de Permissão (credenciamento) provisória, sendo que ao final de todo o Programa, será fornecida a Permissão (credenciamento) definitiva. Haverá o momento do Passe (Transmissão e autorização).

O período de qualificação é obrigatório e será acompanhado pelo setor de Programa de Acompanhamento e Avaliação Contínua (PAAC).

1.4. Resumo do Período de qualificação (Complementação e Finalização do Programa de Formação Psicanalítica):

I - Dois anos de acompanhamentos institucional, o que será feito, por analista didata e supervisor clínico, indicado pela Instituição.

II - Comparecer a cada trimestre ao seu analista didata/supervisor clínico, bem como, manter sua análise pessoal.

III - Participar em no mínimo quatro eventos oferecidos pela Instituição, sendo um cada semestre. Na ausência destes oferecidos pela Instituição, deverá comprovar participação em eventos em outras Instituições de natureza psicanalítica.

IV - Entrega de relatórios trimestrais, mediante formulário próprio fornecido pela Instituição, totalizando em oito relatórios (quatro a cada ano).

1.5. Matriz Curricular (Sujeita a alteração)*

Teoria Psicanalítica:

1. Lições Introdutórias à psicanálise I (Freud) - Introdução a epistemologia e história da psicanálise e fundamentos da teoria da psicanálise:

2. Lições Introdutórias à psicanálise II (Lacan) - Fundamentos da teoria da psicanálise

3. O Inconsciente freudiano (1ª e 2ª tópicas) e sua Metapsicologia.

4. Desenvolvimento bio-psico-sexual, castração e estrutura edípica

5. Inconsciente e linguagem: dos signos aos matemas e estrutura borromeana (Clinica nodal).

6. Estudos sociais em Freud

7. Psicopatologia psicanalítica da vida cotidiana

8. Psicanálise e as fases da vida I - Infância: fundamentos de Anna Freud,          

    Melanie Klein e outros

9. Psicanálise e as fases da vida II – Adolescência e terceira

    Idade: Fundamentos e clínica

10. Constituição do sujeito: relações objetais, narcisismo e identificações.

 

​Estruturas clínicas:

11. Estruturas e manejos clínicos I – As neuroses

12. Estruturas e manejos clínicos II – As psicoses

13. Estruturas e manejos clínicos III – As perversões

Técnicas Psicanalíticas:

14.  Técnica Psicanalítica I - Fundamentação de técnica psicanalítica: teoria e técnica: o manejo da resistência e da Transferência.

15. Técnica Psicanalítica II - Estrutura de Análise

16. Técnica Psicanalítica III - Interpretação de Sonhos e manejos clínicos

17. Técnica Psicanalítica IV – Manejo da análise

18. Técnica Psicanalítica V – Atuações Clínica e Processos de Intervenções

19. Técnica Psicanalítica VI - Escuta analítica e práticas clínicas. Casos clínicos e intervenções

 

​Movimentos expansionistas da Psicanálise:

20. Escolas Psicanalíticas I – Movimentos expansionistas da Psicanálise

21. Escola Psicanalítica II - Principais contribuições da Escola francesa de

      psicanálise: Lacan e outros

22. Escola Psicanalítica III - Principais contribuições da Escola inglesa de psicanálise Winnicott e outros

Aplicações fundamentalistas e conexões:

23. Psicanálise e interdisciplinaridade entre a filosofia e mitologia

24. Ética Psicanalítica: Questões da Clínica Psicanalítica

 

Eletivas:

- Metodologia Científica aplicada à Psicanálise

- Fundamentos de Psiquiatria e Farmacologia aplicados a Psicanálise

 

Notas:

I – A ordem acima objetiva somente apresentar a Matriz curricular. O oferecimento dos módulos/seminários poderá seguir outra ordem ou sofrer pequenas alterações.

II - Outros módulos complementares serão oferecidos como grupo de estudo, seminários ou outros eventos, sendo oferecidos durante o Programa.

III – Além do bloco de Técnicas psicanalíticas, observa-se que a ênfase na prática e em técnicas psicanalíticas são abordadas e reforçadas, com exemplos de manejos clínicos, em várias disciplinas do Programa.

IV – Havendo necessidade, poderá haver acréscimo ou supressão de temas de módulos.

1.6. Informações Finais:

a) Integra o Programa de Psicanálise, desde o início da formação, a realização de pesquisa complementar, paralela, de acordo com o Programa de Atividades Complementares, por disciplina, que deve ser entregue em prazo de 30 dias, após a realização de cada módulo de estudo (exceto a disciplina de Metodologia da Pesquisa Científica que integra sua carga horária de Formação).

 

b) O integrante do Programa de Formação em Psicanálise é orientado a participar das atividades científicas e culturais da Instituição ou de outras Instituições, através de eventos ou outros, ligados à área psicanalítica, ampliando, no convívio com os colegas e professores, o seu engajamento no processo de formação e aperfeiçoamento. Essa participação integra a complementação de carga horária da formação, mediante à apresentação de declarações e/ou certificados de participação.

 

c) Concluída a formação, o integrante do Programa, qualificado como psicanalista, poderá ingressar definitivamente e efetivamente como Membro Associado da Associação Piauiense de Psicanálise.

2. Programa de Pós-graduação Lato Sensu em Psicanálise (Somente para o regime presencial). 

 

Em convênio com Instituição de ensino superior credenciada pelo MEC, poderá ser oferecido junto ao PROGRAMA DE FORMAÇÃO FUNDAMENTAL EM PSICANÁLISE, no regime presencial, integrado ao mesmo, uma Pós-graduação Lato Sensu em Psicanálise, prerrogativa e certificação da Instituição de ensino superior conveniada  com a Associação Piauiense de Psicanálise, onde o participante, ao concluir o programa de Formação, além de receber o credenciamento da Formação Fundamental em Psicanálise, também receberá uma certificação de Especialização, emitida pela IES conveniada.

 

A Pós-graduação é oferecida e certificada pela nossa conveniada através da parceria realizada. A partir do momento em que o convênio for ativado, durante o período das disciplinas da Pós-graduação, o integrante será acompanhado pela conveniada, inclusive, com a emissão dos boletos mensais equivalente ao período da Pós-graduação. 

 

São 12 (doze) módulos oferecidos, integrados dentro das disciplinas gerais da Matriz curricular do Programa de Formação Fundamental em Psicanálise. O participante, ao concluir essas disciplinas deverá apresentar o TCC. A Pós- graduação será ativada junto ao conveniado, dentro do percurso da Formação em Psicanálise, de tal maneira que não poderá ultrapassar o tempo limite da conclusão da Formação. Desta feita, a certificação da Pós-graduação será recebida ao término de todo o Programa de Psicanálise, salvo situação excepcional, mediante requerimento e parecer da Instituição de Formação em Psicanálise.

 

O processo analítico é ato obrigatório somente para o Programa de Formação de Psicanalistas.

Deverá o participante da Pós-graduação se submeter ao Trabalho de conclusão de curso (TCC), no formato de artigo científico, nos moldes da ABNT.

3. Informações gerais e finais

 

3.1. Turmas e encontros - Prevista para MARÇO DE 2022

                                        - Módulo de estudo: Dias 11 e 12/03/2022.

 

​O Programa será formado, com um número mínimo de 15 (quinze)  participantes e o número máximo de 25 (vinte e cinco), ficando a critério da Instituição a decisão em iniciar ou não o Programa com o número superior ou inferior apresentado. Nos Polos regionais, quando for o caso, o Programa, sempre deverá ser iniciado com número mínimo entre 15 (quinze) e 20 (vinte) integrantes, a critério da Instituição.

.​

No período de três meses da fase introdutória do Programa será permitido o ingresso de nossos interessados, após este período, novos interessados deverão aguardar o oferecimento do próximo Programa de Formação em Psicanálise.

 ​

3.2. Custos

Cada participante (Programa de Formação em Psicanálise) deverá arcar com o pagamento de 25 (vinte e cinco) contribuições mais a taxa de inscrição no Programa. A última parcela, destinada ao Processo de filiação, convênio e credenciamento junto à Sociedade Mantenedora, emissão de credenciamento e fechamento de mensalidades, que poderá ser a última ou não, deverá ser paga na sua integralidade. Abaixo, resumo do investimento:

 

- Taxa de inscrição (única) no valor de R$ 100,00 (Para todos os Programas).

- 25 (vinte e cinco) contribuições, sendo 24 (vinte e quatro), conforme Edital, sujeitas a desconto promocional e a última contribuição será feita em sua integralidade. Os valores estão especificados no Edital. 

 

O Custo pela participação em eventos diversos, processo analítico (análise pessoal e supervisão clínica), emissão de identidade de filiação, bem como, a orientação de TCC, será por conta de cada participante do Programa.

Notas:

 

1. Os valores acima são promocionais e serão aplicados às turmas formadas no primeiro semestre de 2022.

2. Haverá desconto promocional em todas as modalidades, que poderá ser o equivalente de até 10% (dez por cento) sobre o valor da mensalidade “cheia”. Na quebra do acordado sobre o desconto promocional, o valor da mensalidade será o valor “cheio”. Esse desconto não contempla a primeira contribuição e nem a parcela especial (última), sendo essas pagas integralmente. Ficará a critério da Instituição a concessão de desconto promocional superior ao citado neste parágrafo.

3.3. Periodicidade dos encontros científicos:

- Programa oferecido aos sábados – Um encontro (sábado) ao mês. Possivelmente este programa seja desenvolvido fazendo uso também da sexta-feira que antecede o sábado do encontro.

- Programa semanal noturno – Todas as terças-feiras ou em outro dia da semana, das 18h às 21h30, pelo sistema de Cartel, oferecido na sede.

- Outros horários poderão ser disponibilizados para início de novos Programas (formação de novas turmas).

3.4. Reciclagens e atualizações:

A APP entende o processo de formação de um Psicanalista como permanente, enquanto o analista praticar seu ofício de analisar. Para tanto, manterá um acompanhamento aos integrantes do Programa de Formação em Psicanálise após a conclusão do mesmo. Também, oferecerá oportunidades para participação em eventos diversos.

3.5. Informações e orientações gerais:

 

O Edital, específico para cada turma a ser formada, contém todas as diretrizes do Programa de formação. Ele será o elemento normativo da Formação em Psicanálise,

 

3.6. Convênios:

  • SOBRAPP – Sociedade Brasileira de Psicanálise e Psicoterapias.

  • FAEPI (Faculdade de Educação do Piauí) – Convênio para certificação da Pós-graduação Lato-sensu em Psicanálise.

  • Outros Convênios estão em fase de implantação.

 

3.7. Documentos e procedimentos para matrícula – Conforme EDITAL.

 

3.8. Turmas: Em Teresina/PI e em outras cidades do Estado do Piauí, bem como, em outros Estados da Federação.

 

3.9. Endereço da APP/Associação Piauiense de Psicanálise:

 

Rua Lisandro Nogueira, 1625, Edifício Susana Center, Salas 05, 14 e 15, Centro, Teresina, PI, CEP: 64.000-200.

 

Nota: Cada Polo possui endereço de acordo com a região de sua localização.

 

Mais informações:

(86) 3085-5840

(86) 98842-0542

Site: www.escolafreudianadeteresina.com.br

E-mail: escolafreudianadeteresina@gmail.com

Facebook – Escola Freudiana de Psicanálise de Teresina

Instagram - @escolafreudianadepsicanalise

DOWNLOAD DO EDITAL COMPLETO 

 

Equipe Organizadora

Departamento de Ensino